DECORAÇÃO: 8 COISAS QUE TODO DESIGNER OU ARQUITETO DE SUCESSO FAZ!

DECORAÇÃO: 8 COISAS QUE TODO DESIGNER OU ARQUITETO DE SUCESSO FAZ!
Vote nesse post!

Olá, você!

Hoje vim falar contigo, sobre algumas atitudes todo arquiteto e designer de sucessos faz no processo de criação, e que fazem toda a diferença no resultado final.

Claro, temos que levar em consideração que cada um é um ser humaninho diferente dos demais, e portanto sua forma de chegar aos resultados previstos são diferentes.

Mas existem sim, algumas similaridades de formas de compor o ambiente, que garantem a harmonia do projeto e é justamente sobre isso que eu pretendo falar agora.

Se você adora dicas como essa de decoração, aposto que vai adorar os posts:

Sabe aquela sua amiga, ou aquele seu amigo que esta NECESSITANDO de dicas pra fazer aquela reforminha básica? Então, compartilha com eles esse post, poxa:

1 – Contam uma boa história:

Quando uma pessoa resolve contratar um profissional para reformar sua casa ou empresa, espera-se um resultado arrebatador.

Mas cada um tem seu conceito diferente do que é maravilhoso, e cabe ao profissional ter a sensibilidade de enxergar isso em cada pessoa e trazer característica da personalidade para o ambiente de uma forma estética e funcional.

A verdade é que todos adoram decorações que reflitam seu estilo de vida: artístico, viajante, minimalista, enfim… E criar um espaço que traga essas características para o ambiente é o que busca todo grande designer ou arquiteto.

Demonstrar através da exposição de objetos, da distribuição dos móveis, das escolhas de tecidos e acabamentos, a personalidade do proprietário bem como facilitar sua vida cotidiana de convívio no imóvel.

2- Assumem riscos:

A verdade é que quando querendo um efeito profissional na decoração de casa/empresa, buscamos por algo que supere as nossas expectativas e nos surpreenda muito positivamente, fazendo com que nem queiramos sair dali, num é mesmo?

Mas para que isso aconteça, a pessoa responsável pela aquela composição, precisa assumir alguns riscos na hora de projetar. Reinventar a forma de fazer a mesma coisa, é o grande desafio do melhores profissionais.

Mas como é feito esses riscos calculados? Simples: alterando proporções tradicionais, como as das janelas e portas, ou pensando numa forma diferente de criar um corrimão protetor para as escadas, entre outras formas de olhar para uma determinada situação com uma lente diferenciada do comum.

Los Gatos Townhouse modern-kitchen

 

3- Repetem Padrões.

A unidade de um projeto é capaz de trazer amplitude, harmonia e integração dos ambientes de uma maneira simples e bonita.

Usar um mesmo revestimento de piso ou parede nos ambiente já é uma forma de repetir padrões de maneira suave no projeto.

Quando a arquitetura é foco, ripas ou vigas de madeira e acabamentos como cimento queimado, quando repetidos no projeto, também criam essa sensação de unidade.

Aqui o ideal é trabalhar com repetições ímpares, portanto no mínimo 3 , e além de ajudar a custear melhor a reforma, também realça alguns outros detalhes que as vezes não damos tanta importância, como um acabamento simples e branco.

The Barn farmhouse

 

4- Estabelecem ordem:

A ordem deve ser a base de um profissional de arquitetura ou design. É ela quem descrimina a importância de algum material ou objeto na composição.

Sempre no início do projeto, existem três pontos fundamentais que vão determinar como o mesmo será feito:

  • o local
  • o cliente
  • o orçamento

E é nesse hora que a ordem ganha seu papel de protagonista, pois é necessário contrabalancear esses 3 aspectos para chegar no melhor resultado.

Houzz Tour: Amazing Indoor-Outdoor Architecture in Venice Beach

 

5- Cuidam de cada detalhes:

Como diz o ditado: Os detalhes fazem toda a diferença. Pois esta ai uma verdade explicita.

E um bom profissional sempre busca detalhes que realcem o projeto como um todo, deixando claro o conceito aplicado e a personalidade do cliente.

E por detalhe, eu quero dizer não só pequenos elementos do projeto, mas até mesmo a transição de um acabamento para outro, ou os materiais escolhidos e postos juntos por algum motivo especifico.

A questão é que sem esse olhar diferenciado para todos as características do projeto, não há como chegar em um resultado final excepcional.

bookcases home-office

 

6 – Simplificam espaços:

Muitas vezes um ambiente precisa comportar várias funções diferentes para suprir as necessidades do morador.

E é trabalho de um arquiteto ou designer de interiores, simplificar o espaço e deixa-lo prático para sua multifuncionalidade.

Além do que, ao eliminarmos o que não é necessário num projeto, somos capazes de exaltar aquilo que realmente importa.

Num geral, arquitetos tem um olhar mais simplista de projeto, e geralmente tudo aquilo que não é absolutamente necessário no costuma ser descartados.

Designers também buscam a simplicidade, porém na maior parte dos casos, tendem a descartar menos coisas que um arquiteto faria.

A Home With A Statement transitional-kitchen

 

7- Quebram algumas regras:

O inesperado é muito bem vindo quando esta agregado a beleza e harmonia, por isso bons projetos costumam ter algum elemento surpresa que quebra uma “regra” de composição.

A partir do conceito de usar repetições num projeto para trazer unidade, a quebra dessa regra na composição final em algum momento, deve ter um propósito e de preferência que seja claro, como por exemplo: usar janelas numa determinada dimensão, porém colocar uma delas em outra medida.

De repente, para valorizar a vista do jardim da casa.

Esse tipo de quebra de regra traz mais interesse para toda a composição. Para ter exito nessa atitude, é preciso pensar com carinho onde será feita a interrupção da continuidade.

MJ Lanphier eclectic-dining-room

 

8- Estimulam os sentidos:

E para finalizar, a oitava coisa que todo designer ou arquiteto de sucesso faz é estimular nossos sentidos com maestria.

Então, através da visão, tato, cheiro e até mesmo audição, pode-se criar a atmosfera perfeita para representa aquele cliente em específico.

O maior desafio aqui é coordenar todas essas possibilidade sem que fique muito exagerado, e que ao invés de estimular, confunda.

A melhor forma de estimular isso, é através do materiais, por exemplo um piso quente de madeira nobre em contraposição a uma parede de concreto aparente frio rústica… Ou um espaço aromatizado, e até mesmo o fundo musical de um loja. Tudo isso cria nas pessoas uma percepção diferenciada do lugar.

Planejar um design a partir da experiência, pode revelar oportunidades arquitetônicas que vão tornar a vida no local muito mais agradável.

Bons profissionais pensam em características como re luz e sombra, por onde o sol se move ao longo do dia, de onde o vento vem ou os sons de um bairro urbano – e como eles podem brincar.

Tropical Mid-Century Modern eclectic-living-room

 

Se você gostou desse post, comenta ai que eu adoro saber sua opinião, vamos trocar idéias e experiência!! Por enquanto é só, até o post de amanhã! ❤️

Deixe uma resposta